terça-feira, 26 de outubro de 2010

Manual dos gatos


Hoje eu irei dar algumas dicas de como lidar com gatos para aquelas pessoas que tem milhares de dúvidas sobre como tratá-los, educá-los e com o reconhecimento de sua personalidade; baseando-me em algumas dicas da revista "Pulo o gato".

Não é tão difícil lidar com gatos, já que eles são bichinhos muito independentes, mas variando de personalidade pode causar algumas dúvidas; então tentarei da melhor forma explicar cada detalhe do comportamento dos gatos, algumas por experiência própria outras por relatos e baseadas na revista "Pulo do gato".

  • Gatos filhotes, recém retirados da mãe, tendem a miar com frequência devido a falta que sentem dela, para isso não tem muito jeito o importante e ter paciência e mantê-los perto de você. Dar carinho com frequência e por perto deles algum bichinho de pelúcia pode ajudar a acalma-lo. E importante alimentá-lo com leite indicado pelo seu veterinário e se preciso algumas vitaminas.
  • A castração muda o comportamento metabólico dos gatos e é preciso tomar cuidado ao alimentá-lo procurando uma boa ração específica para controlar o nível de gordura, pois depois de castrado o gato tende a sofre de obesidade devido ao baixo metabolismo e a estar menos ativo.
  • E importante ter um bom ambiente para criar seu bichinho; janelas sem grade, produtos de limpeza em lugares que eles podem ter alcance pode ser muito perigoso, causando até a morte. São cuidados básicos que você deve ter ao criar até mesmo uma criança. Evitar que seu gato tenha contato com outros gatos, evitar até mesmo a rua para não ser envenenado, atropelado, são outros conselhos.
  • A caixa sanitária deve ser limpa semanalmente e deve ter um tamanho ideal para que seu bichinho sinta-se confortável. A opções de areias variam de sílica, granuladas entre outras, mas o importante e que ele se adapte á ela.
  • E importante manter o gato ativo durante o dia para que á noite possa dormir sem perturbá-lo. As dicas são comprar brinquedos e até mesmo inventá-los praticando atividades junto á ele. Além de deixa-lo ativo ganhará sua amizade e carinho.
  • Gatos gostam de dormir com os donos, mas se você e não gosta que eles duram na sua cama procure arrumar um lugar confortável no sofá ou numa caminha apropriada para para que ele possa se aninhar á noite. Mas lembre-se, gatos tem vontade própria e eles podem insistir pela sua cama arranhando a porta até conseguir o que deseja.
  • O mais importante de tudo e tratar seu bichano com carinho e amor, nada melhor para mantê-los felizes e saudáveis.
Na próxima postagem colocarei mais algumas dicas.

Um comentário:

  1. gosto muito de gatos mais confesso q é horrivel o miado.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!